<$BlogRSDURL$>
eternuridade
Eternuridade, s.f. (do lat. aeternitate por aglutinação com do lat. ternu). Qualidade efémera do que é terno. O que há de eterno no transitório. Afecto muito longo; tristeza suave e demorada. textos e fotos: gouveiamonteiro(at)gmail(dot)com LIGAÇÕES
.: www.luisgouveiamonteiro.com
.: A Natureza do Mal
.: Mar Salgado
.: Lita
.: Lito
.: Físico Prodigioso
.: Rua dos Ferreiros
.: Domingo à tarde
.: A minha afilhada
14 de setembro de 2003
A vontade (V)

"É obrigação do homem estudar, em todos os seus modos, nas obras da natureza ou nas obras da humanidade, a universal e eterna lei da gradação, do aos poucos, do pouco a pouco e do tudo-nada. As forças progressivas."
As altas e as baixas esferas do mundo pronunciam-se sobre os mesmos assuntos. Quando descemos mais fundo numa ideia qualquer que há vários dias nos enche o pensamento, tendo os canais abertos a uma verdade nova, temos a sensação de esbarrar a toda a hora com confirmações que saltam de locais improváveis que quase nos esquecíamos de investigar.
Todos os homens esbarram em intuições parecidas. Quer tenham, em virtude de vidas mais ou menos sugestionadas, ferramentas muito ou pouco luminosas. Quer esteja em cena a estupidez ou se mostre o talento, o que está em causa são sempre correspondências, que se escondem atrás de acontecimentos simples.
As correspondências são um sucedâneo de deus encontrado pelos poetas, por todos os que não acreditando n'Ele não deixam de sentir um conjunto de perplexidades e de exaltações naturais e místicas. De criatura para criatura variam apenas (mas muito) os graus de consciência com que sucedem os processos de revelação. É frequente espíritos muito menos esclarecidos serem muito mais capazes.
O problema inicial reside na impossibilidade de fazer a estatística geral de tudo o que emerge, de tudo o que surge. São demasiadas as coisas, demasiado várias. Só algumas políticas, a generalidade da Televisão e as estrelas mais à mostra se podem transformar em número. Tudo o resto é já demasiado cinzento; impossível de distinguir.
"O mundo só caminha através do mal-entendido. É através do mal-entendido geral que toda a gente se põe de acordo. Porque se, por infelicidade, as pessoas se compreendessem, nunca poderiam pôr-se de acordo." "Aprofundar uma questão não é resolvê-la."
A multiplicação das técnicas e a aceleração do que acontece são tais que não existe centro estável. O tudo nada com que se pode sonhar é que isso implique a multiplicação dos mecanismos de acção. Esse legítimo delírio far-nos-ia caminhar para uma situação carregada de sentido, próxima da ficção artística. Pelo contrário vemos com frequência o ser humano a crashar quando atropelado por uma catadupa de inputs. A cair na ataraxia dos cépticos.
A sabedoria multi-tarefas que aqui se pede chama-se Filosofia Instantânea e deve estar sempre pronta. "O homem de espírito, aquele que nunca se porá de acordo com ninguém, deverá aplicar-se a amar a conversa dos imbecis e a leitura dos maus livros." Tudo isto existe, tudo isto é número, tudo isto é falso.
Porque o que é preciso é uma sabedoria 007. O que é urgente é escapar, mesmo do que não se conhece. Necessário é resolver mesmo o que não se domina. Viver sempre e apesar dos relógios, progredindo com a cumplicidade dos outros e de toda a beleza viva que há no mundo.
Commentários:
Enviar um comentário
CAIXA NEGRA
Setembro 2003 :: Outubro 2003 :: Novembro 2003 :: Dezembro 2003 :: Janeiro 2004 :: Fevereiro 2004 :: Março 2004 :: Abril 2004 :: Maio 2004 :: Junho 2004 :: Julho 2004 :: Agosto 2004 :: Setembro 2004 :: Outubro 2004 :: Novembro 2004 :: Dezembro 2004 :: Janeiro 2005 :: Fevereiro 2005 :: Março 2005 :: Abril 2005 :: Maio 2005 :: Junho 2005 :: Julho 2005 :: Setembro 2005 :: Outubro 2005 :: Novembro 2005 :: Dezembro 2005 :: Janeiro 2006 :: Fevereiro 2006 :: Março 2006 :: Abril 2006 :: Maio 2006 :: Junho 2006 :: Julho 2006 :: Agosto 2006 :: Setembro 2006 :: Outubro 2006 :: Novembro 2006 :: Dezembro 2006 :: Janeiro 2007 :: Fevereiro 2007 :: Março 2007 :: Abril 2007 :: Maio 2007 :: Junho 2007 :: Julho 2007 :: Outubro 2007 :: Dezembro 2007 :: Janeiro 2008 :: Março 2008 :: Abril 2008 :: Maio 2008 :: Junho 2008 :: Julho 2008 :: Agosto 2008 :: Setembro 2008 :: Outubro 2008 :: Dezembro 2008 :: Fevereiro 2009 :: Março 2009 :: Abril 2009 :: Maio 2009 :: Agosto 2009 :: Setembro 2009 :: Novembro 2009 :: Dezembro 2009 :: Janeiro 2010 :: Fevereiro 2010 :: Maio 2010 :: Dezembro 2010 :: Setembro 2012 :: Dezembro 2012 :: Janeiro 2013 :: Novembro 2014 :: Abril 2021 :: Agosto 2021 :: Setembro 2021 :: Outubro 2021 ::