<$BlogRSDURL$>
eternuridade
Eternuridade, s.f. (do lat. aeternitate por aglutinação com do lat. ternu). Qualidade efémera do que é terno. O que há de eterno no transitório. Afecto muito longo; tristeza suave e demorada. textos e fotos: gouveiamonteiro(at)gmail(dot)com LIGAÇÕES
.: www.luisgouveiamonteiro.com
.: A Natureza do Mal
.: Mar Salgado
.: Lita
.: Lito
.: Físico Prodigioso
.: Rua dos Ferreiros
.: Domingo à tarde
.: A minha afilhada
2 de março de 2006
A telha

Sei que estou na maior quando me dá muito gozo ir ao talho. Sei que estou com uma telha valente quando nem cinema me apetece. A TV é a única coisa que se que consegue não-fazer na cama (ou no sofá ou até ao computador). O raio de acção, literalmente o número de passos que me consigo afastar do centro da minha casa, encolhe para o mínimo possível. Sabe-se que uma telha é boa quando imediatamente se lembra que a telha é uma cena química, que umas vezes nos faz acordar contentes e outras nos obriga a uma sucessão de dias tristes. Ou seja, a telha é uma coisa que passa, que vai embora. Pode ser combatida ou alimentada. Mas atenção: eu acabo de vir do talho e o talhante, que também se chama luís, ainda hoje me perguntou, com um brilho nos olhos, se o lombo de porco recheado de farinheira estava bom e se tinha chegado para os dez. Obedecendo a uma tradição familiar respondi que lá em casa chega sempre para todos, pode é não sobrar. O cidadão da modernidade tardia quando tem uma telha faz alguma coisa com ela.
Commentários:
Eu abomino o talho... Mas a cada um sua telha e sua onda... ;)
.: Comentado por Blogger Caiê : 1:07 da manhã  
Enviar um comentário
CAIXA NEGRA
Setembro 2003 :: Outubro 2003 :: Novembro 2003 :: Dezembro 2003 :: Janeiro 2004 :: Fevereiro 2004 :: Março 2004 :: Abril 2004 :: Maio 2004 :: Junho 2004 :: Julho 2004 :: Agosto 2004 :: Setembro 2004 :: Outubro 2004 :: Novembro 2004 :: Dezembro 2004 :: Janeiro 2005 :: Fevereiro 2005 :: Março 2005 :: Abril 2005 :: Maio 2005 :: Junho 2005 :: Julho 2005 :: Setembro 2005 :: Outubro 2005 :: Novembro 2005 :: Dezembro 2005 :: Janeiro 2006 :: Fevereiro 2006 :: Março 2006 :: Abril 2006 :: Maio 2006 :: Junho 2006 :: Julho 2006 :: Agosto 2006 :: Setembro 2006 :: Outubro 2006 :: Novembro 2006 :: Dezembro 2006 :: Janeiro 2007 :: Fevereiro 2007 :: Março 2007 :: Abril 2007 :: Maio 2007 :: Junho 2007 :: Julho 2007 :: Outubro 2007 :: Dezembro 2007 :: Janeiro 2008 :: Março 2008 :: Abril 2008 :: Maio 2008 :: Junho 2008 :: Julho 2008 :: Agosto 2008 :: Setembro 2008 :: Outubro 2008 :: Dezembro 2008 :: Fevereiro 2009 :: Março 2009 :: Abril 2009 :: Maio 2009 :: Agosto 2009 :: Setembro 2009 :: Novembro 2009 :: Dezembro 2009 :: Janeiro 2010 :: Fevereiro 2010 :: Maio 2010 :: Dezembro 2010 :: Setembro 2012 :: Dezembro 2012 :: Janeiro 2013 :: Novembro 2014 ::