<$BlogRSDURL$>
eternuridade
Eternuridade, s.f. (do lat. aeternitate por aglutinação com do lat. ternu). Qualidade efémera do que é terno. O que há de eterno no transitório. Afecto muito longo; tristeza suave e demorada. textos e fotos: gouveiamonteiro(at)gmail(dot)com LIGAÇÕES
.: www.luisgouveiamonteiro.com
.: A Natureza do Mal
.: Mar Salgado
.: Lita
.: Lito
.: Físico Prodigioso
.: Rua dos Ferreiros
.: Domingo à tarde
.: A minha afilhada
14 de setembro de 2003
O milagre (IX)

"A terrra moral também é redonda!.... ainda há mais outro mundo para descobrir - até mais do que um! Para os barcos filósofos!"
A vida é um exercício de escala. A visibilidade depende dos olhos. Sem uma razão única e condenados a um tamanho, teremos sempre, ainda assim, motivos para determinar acções eficazes. Todos os homens agem. O povo tem absoluta competência para comer porque tem metafísica bastante para não pensar em nada, quando é mesmo preciso.
As mesmas razões que promovem a nossa ignorância exigem as nossas melhoras. Tendo as causas e os efeitos demasiado misturados e ausentes, seremos sempre capazes de distinguir sintomas; de identificar possibilidades de ter sido melhor antes, isolando maneiras de ser muito mais eficaz a seguir. Trata-se apenas de processar informação e crescer. Muito lenta, a hesitação idealista é mais cruel e irreparável do que o erro. O lance é a condição absoluta do milagre.
E quantos pressentimentos e sinais já nos enviaram de cima de que é mais do que tempo de agir, de considerar o minuto presente como o único e de fazer perpétua volúpia do nosso tormento. É o nosso naufrágio azul. A tarefa destes dias será essencialmente a procura de conhecimento orgânico, o único absolutamente útil e viável.
Trata-se de um mergulho perigoso "ao fundo do nada para procurar o novo". Sempre. O porto não existe mas, à falta de sistemas totais, poderemos sempre encontrar ferramentas honestamente falíveis, mas capazes. Daí o poder secreto que existe na forma mil vezes copiada de um martelo.
Existe em todos os dias a hipótese de voltar à superfície com vida para voltar a baixo com confiança. Mesmo sem Todo, face à demora do lance ideal, do feito absoluto, é ainda possível atingir um equilíbrio esforçado entre o resultado e a qualidade da acção. Ser-se contagioso muitas vezes, marcando uma trajectória que ao mesmo tempo sobe e desce. Disseminar para recuperar as palavras que espalhamos. Estará sempre por acabar esta religião desconsiderada que acredita nos despojos do verbo e na poderosa magia do seu jogo.
Uma série de pequenos esforços semelhantes concorrem para um grande resultado. Qualquer ideia é em si dotada de uma vida imortal, como uma pessoa. Todas as formas criadas, ainda que pelo homem, são imortais. A forma é independente da matéria e não são as moléculas que constituem a forma.
Se pouco depois de encontrarmos o que é novo deixarmos de precisar dele é exactamente porque acabámos de lhe extrair a necessidade e podemos continuar com fome. Com uma vontade melhor e mais esclarecida, insaciável até ver. Difícil é só continuar a caminho, já que tantas vezes se avança para trás. Jamais nos abandonará o desejo. Coragem.
Commentários:
Enviar um comentário
CAIXA NEGRA
Setembro 2003 :: Outubro 2003 :: Novembro 2003 :: Dezembro 2003 :: Janeiro 2004 :: Fevereiro 2004 :: Março 2004 :: Abril 2004 :: Maio 2004 :: Junho 2004 :: Julho 2004 :: Agosto 2004 :: Setembro 2004 :: Outubro 2004 :: Novembro 2004 :: Dezembro 2004 :: Janeiro 2005 :: Fevereiro 2005 :: Março 2005 :: Abril 2005 :: Maio 2005 :: Junho 2005 :: Julho 2005 :: Setembro 2005 :: Outubro 2005 :: Novembro 2005 :: Dezembro 2005 :: Janeiro 2006 :: Fevereiro 2006 :: Março 2006 :: Abril 2006 :: Maio 2006 :: Junho 2006 :: Julho 2006 :: Agosto 2006 :: Setembro 2006 :: Outubro 2006 :: Novembro 2006 :: Dezembro 2006 :: Janeiro 2007 :: Fevereiro 2007 :: Março 2007 :: Abril 2007 :: Maio 2007 :: Junho 2007 :: Julho 2007 :: Outubro 2007 :: Dezembro 2007 :: Janeiro 2008 :: Março 2008 :: Abril 2008 :: Maio 2008 :: Junho 2008 :: Julho 2008 :: Agosto 2008 :: Setembro 2008 :: Outubro 2008 :: Dezembro 2008 :: Fevereiro 2009 :: Março 2009 :: Abril 2009 :: Maio 2009 :: Agosto 2009 :: Setembro 2009 :: Novembro 2009 :: Dezembro 2009 :: Janeiro 2010 :: Fevereiro 2010 :: Maio 2010 :: Dezembro 2010 :: Setembro 2012 :: Dezembro 2012 :: Janeiro 2013 :: Novembro 2014 :: Abril 2021 :: Agosto 2021 ::